violao-profissionalNinguém poderia realmente identificar exatamente o ano em que o violão foi criado. O alaúde, harpa e lira são os três instrumentos de cordas a partir dos quais o violão evoluiu.

Os recursos do violão variam em cada período musical. O Violão é um dos mais populares instrumentos musicais nos dias de hoje e é capaz de animar um público com muita energia. Bandas e shows não são completos sem violões guitarras. Violões são também usados como um meio de libertar sentimentos escondidos e emoções não expressadas ou pode também, ser um meio de passar o tempo, junto com nossos entes queridos e amigos.

Existem vários tipos de guitarras e violões que pode atender a finalidade do usuário, como o violão de doze cordas, vilão de seis cordas, violão clássico e elétrico.

Violão com Doze Cordas

violao-doze-cordasOs violões com doze cordas são feitos para conseguir um tom mais rico em comparação com o padrão que é o violão de seis cordas. Essas cordas ficam em pares e são tocadas ao mesmo tempo, pois estão uma do lado da outra, muito próximas e seu som é mais harmônico do que cordas únicas. No baixo existem pares de cordas afinadas a uma distância de uma oitava, já as cordas agudas estão também em pares que são afinadas em conjunto.

Violão Clássico

violao classicoO violão clássico de antigamente, usava cordas feitas com intestino de gato que mais tarde, foram substituídas por cordas de nylon. Estes tipos de violão têm uma escala plana e larga. Outros especialistas em violão sugerem que os violões clássicos têm a melhor formas para iniciantes, pois tem as cordas mais separadas o braço mais largo e os trastes mais espaçados, além da afinação mais frouxa, mas a decisão de comprar ou não um violão clássico ainda é sua, pois ele pode não atender as suas expectativas e ao seu estilo. Lógico que, música clássica é melhor tocada com violões clássicos.

Violão Elétrico

tres-violoes-eletricosViolões e guitarras elétricas são feitos de diferentes materiais e usam vários componentes necessários para produzir o som. Alder, Mogno, Nogueira, Maple e Ash são os tipos de materiais comumente utilizados para o corpo de violões e guitarras elétricas. As madeiras para a construção, os tipos de cordas, a qualidade de componentes utilizados, o comprimento dos cabos e do estado global do ambiente, determinam a qualidade de o som produzido. Violões e guitarras elétricas são usados em diversas formas e estilos de música, que pode ser pop, country, rock and roll, jazz e blues.

Cuidados ao Comprar um Violão

Na compra de um violão ou guitarra, o usuário deve se certificar de que o instrumento escolhido vai caber no seu orçamento, estilo de tocar e habilidades. Uma guitarra elétrica é mais fácil de tocar em comparação com um violão acústico. Por outro lado, violões podem produzir sons audíveis sem utilizar amplificadores. Ele pode utilizar tanto cordas de nylon quanto de aço. Existem também violões eletroacústicos que podem ser tocados com ou sem um amplificador.

acessorios-violaoAlgumas promoções incluem pacotes pra iniciantes, que por vezes, podem incluir o violão ou guitarra, junto com afinadores, palhetas, alça, case para guardar o instrumento.

A placa de som do instrumento deve ser cuidadosamente inspecionada para determinar a tipo de som é produzido.

Os fabricantes de instrumentos de boa qualidade são geralmente as empresas bem conhecidas na indústria como: Taylor, Gibson, Yamaha, Fender, Ovation, Martin e Ibanez. Existem grandes seleções de estilo e design para escolher para coincidir com a distinção e singularidade do comprador.

Então, corra e compre logo o seu violão ou guitarra elétrica.

No próximo artigo em venho com um assunto muito legal.

 

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja conhecer os 4 Acordes que Você Precisa Saber para Tocar Violão de Uma Vez por Todas, recomendo que assista a esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO


Categorias

rodrigo marques

Rodrigo Marques

O Curso de Violão Club acredita que a música é uma arte que realiza sonhos. Acima de tudo, acreditamos que tocar violão é mais do que uma forma de expressar arte, é também um caminho para o autoconhecimento, desenvolvimento da disciplina e do caráter humano.