Guia completo sobre violão: história, tipos, cuidados e dicas de como tocar

Created with Sketch.

O violão é um dos instrumentos mais populares e versáteis do mundo, sendo utilizado em diversos gêneros musicais e culturas ao longo da história. Desde sua origem há mais de 500 anos, o violão tem sido um instrumento presente na vida de muitas pessoas, seja para entretenimento ou como uma ferramenta de expressão artística. Além disso, tocar violão traz diversos benefícios para a saúde mental e física, tornando-se uma atividade prazerosa e terapêutica para muitas pessoas. Neste guia, vamos explorar a história do violão, os diferentes tipos existentes, as vantagens e desvantagens de cada um, cuidados na compra e dicas para tocar esse fascinante instrumento. Vamos lá!

Breve História do violão: de onde veio e como evoluiu ao longo dos anos

O violão é um instrumento musical que possui uma longa história e uma evolução complexa. Embora seja difícil identificar exatamente quando o violão foi criado, é possível afirmar que ele evoluiu a partir de três instrumentos de cordas: o alaúde, a harpa e a lira. O alaúde, por exemplo, era um instrumento popular na Europa durante a Idade Média e possuía um formato semelhante ao do violão. Já a harpa e a lira eram instrumentos muito utilizados na Grécia Antiga e em Roma.

Com o passar dos séculos, o violão passou por várias mudanças e transformações. Durante o período Barroco (1600-1750), o violão começou a se tornar mais popular na Europa e novas técnicas de execução surgiram. Já durante o século XIX, com o advento do violão moderno, novos materiais começaram a ser utilizados na construção do instrumento, como o aço e o nylon.

Hoje em dia, o violão é um dos instrumentos musicais mais populares e versáteis do mundo, com um papel importante em diversos gêneros musicais, como rock, pop, folk e música clássica. Ao longo dos anos, o violão se tornou um instrumento indispensável em bandas e shows e também é amplamente utilizado por músicos solo e como um meio de expressão pessoal e artística.

Tipos de violões

Existem vários tipos de violões disponíveis no mercado, cada um com características e finalidades específicas. Aqui estão alguns dos tipos mais comuns de violões:

  1. Violão de seis cordas: é o tipo mais comum de violão, com seis cordas que geralmente são feitas de aço ou nylon. Este violão é usado em muitos gêneros musicais, incluindo rock, pop, country e folk.
  2. Violão clássico: também conhecido como violão espanhol, tem uma escala mais larga e é geralmente tocado com cordas de nylon. Este tipo de violão é frequentemente usado na música clássica e na música folclórica da América Latina e Espanha.
  3. Violão de doze cordas: este violão é usado para criar um som mais rico e harmônico do que o violão de seis cordas. As cordas são agrupadas em pares e tocadas juntas para produzir um som mais encorpado. Este violão é frequentemente usado na música folk e no rock acústico.
  4. Violão elétrico: este violão é projetado para ser tocado com amplificação e é frequentemente usado na música rock, blues e jazz. Geralmente, tem um corpo mais fino e uma maior variedade de controles, como o volume e o tom, para ajustar o som.
  5. Violão de viagem: este violão é projetado para ser compacto e portátil, tornando-o ideal para viajar. Geralmente tem um corpo menor e cordas mais macias, o que o torna mais fácil de tocar durante longas sessões de prática ou performance.
  6. Violão de jazz: este violão tem um corpo grande e oco, que ajuda a criar um som mais suave e quente. Geralmente é tocado com cordas de aço ou de seda e aço, e é frequentemente usado em estilos de jazz como bebop e swing.
  7. Violão ressonador: este violão tem um cone metálico dentro do corpo, que amplifica o som das cordas. É frequentemente usado em estilos de música blues e country, e tem um som distintivo e rústico.

Cada tipo de violão tem suas próprias vantagens e desvantagens, e escolher o violão certo depende do seu estilo de tocar, gênero musical e preferências pessoais.

Vantagens e desvantagens de cada tipo de violão

Cada tipo de violão tem suas próprias vantagens e desvantagens, dependendo do uso e do gosto pessoal do músico. Aqui estão algumas considerações:

Violão com Doze Cordas

Os violões com doze cordas são feitos para conseguir um tom mais rico em comparação com o padrão que é o violão de seis cordas. Essas cordas ficam em pares e são tocadas ao mesmo tempo, pois estão uma do lado da outra, muito próximas e seu som é mais harmônico do que cordas únicas. No baixo existem pares de cordas afinadas a uma distância de uma oitava, já as cordas agudas estão também em pares que são afinadas em conjunto.

Vantagens:

  • Possui um som mais rico e harmônico do que um violão de seis cordas.
  • Adiciona uma dimensão extra à música.
  • Ideal para tocar gêneros como o folk e o blues.

Desvantagens:

  • Mais difícil de tocar do que um violão de seis cordas.
  • Mais caro do que um violão de seis cordas.
  • Maior e mais pesado do que um violão de seis cordas.

Violão Clássico

O violão clássico de antigamente, usava cordas feitas com intestino de gato que mais tarde, foram substituídas por cordas de nylon. Estes tipos de violão têm uma escala plana e larga. Outros especialistas em violão sugerem que os violões clássicos têm a melhor formas para iniciantes, pois tem as cordas mais separadas o braço mais largo e os trastes mais espaçados, além da afinação mais frouxa, mas a decisão de comprar ou não um violão clássico ainda é sua, pois ele pode não atender as suas expectativas e ao seu estilo.

Vantagens:

  • Ideal para iniciantes devido à distância maior entre as cordas e trastes, tornando mais fácil pressionar as cordas corretamente.
  • Possui um som suave e delicado.
  • Tocar música clássica no violão clássico pode ser uma experiência única.

Desvantagens:

  • Mais caro do que um violão acústico comum.
  • Requer mais manutenção do que outros tipos de violão devido às cordas de nylon e ao tampo de madeira macia.
  • A largura do braço pode ser desconfortável para pessoas com mãos menores.

Violão Elétrico

Violões e guitarras elétricas são feitos de diferentes materiais e usam vários componentes necessários para produzir o som. Alder, Mogno, Nogueira, Maple e Ash são os tipos de materiais comumente utilizados para o corpo de violões e guitarras elétricas. As madeiras para a construção, os tipos de cordas, a qualidade de componentes utilizados, o comprimento dos cabos e do estado global do ambiente, determinam a qualidade do som produzido. Violões e guitarras elétricas são usados em diversas formas e estilos de música, que pode ser pop, country, rock and roll, jazz e blues.

Vantagens:

  • Permite tocar com amplificação, o que é necessário para se apresentar em locais grandes.
  • Geralmente é mais fácil de tocar do que um violão acústico.
  • Permite uma grande variedade de efeitos sonoros que podem ser controlados pelo músico.

Desvantagens:

  • Requer um amplificador para tocar em público, o que pode ser caro.
  • Não produz som audível sem amplificação.
  • Pode ser menos versátil do que um violão acústico ou clássico em termos de gêneros musicais.

É importante considerar essas vantagens e desvantagens antes de decidir qual tipo de violão é o melhor para você. O que pode ser uma vantagem para uma pessoa pode ser uma desvantagem para outra, dependendo das suas necessidades e preferências musicais.

Cuidados na compra de um violão

Se você é um músico iniciante ou experiente, encontrar o violão certo pode ser uma tarefa desafiadora. Aqui estão algumas dicas a serem consideradas antes de fazer a sua compra:

  1. Orçamento: Antes de começar a procurar, estabeleça um orçamento para o seu instrumento. Isso pode ajudá-lo a evitar gastar mais do que pode pagar e também pode ajudá-lo a se concentrar em violões que se enquadram no seu orçamento.
  2. Estilo de tocar e habilidade: Certifique-se de escolher um violão que se adapte ao seu estilo de tocar e habilidade. Se você é iniciante, escolha um violão que seja fácil de tocar e que não machuque os dedos. Se você já é experiente, pode optar por um violão mais avançado.
  3. Tipo de violão: Escolha o tipo de violão que melhor atenda às suas necessidades musicais. Se você toca principalmente música clássica, um violão clássico é a melhor escolha. Se você toca música popular, rock ou blues, um violão elétrico é mais adequado.
  4. Madeiras: A qualidade das madeiras utilizadas para a construção do violão é importante para determinar o som que o violão produzirá. As madeiras mais comuns são mogno, nogueira, maple, alder e ash. Certifique-se de escolher um violão com madeiras de qualidade.
  5. Tipo de cordas: Cordas de nylon ou aço são as mais comuns. As cordas de nylon são ideais para músicos que tocam música clássica ou acústica, enquanto as cordas de aço são melhores para músicos que tocam rock, blues ou música popular.
  6. Placa de som: Certifique-se de que a placa de som do violão esteja em bom estado antes de fazer a compra. Uma placa de som danificada pode afetar a qualidade do som que o violão produzirá.
  7. Marcas de violão: Escolha uma marca de violão conhecida e confiável, como Taylor, Gibson, Yamaha, Fender, Ovation, Martin ou Ibanez. Essas empresas são conhecidas por produzirem violões de alta qualidade e duráveis.
  8. Pacotes para iniciantes: Se você é iniciante, considere comprar um pacote que inclua um violão, afinador, palhetas, alça e um case para guardar o instrumento. Isso pode economizar dinheiro e tornar a sua compra mais fácil e conveniente.

Ao considerar esses fatores, você estará mais preparado para encontrar o violão certo para você. Lembre-se de que a escolha do violão é pessoal e depende das suas necessidades musicais e preferências pessoais.

Dicas para tocar violão

Tocar violão é uma atividade muito prazerosa e gratificante. No entanto, para quem está começando, pode ser um pouco desafiador. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a melhorar sua técnica e aprimorar suas habilidades:

  1. Comece devagar: Não tente aprender tudo de uma vez. Comece com acordes simples e músicas fáceis e vá evoluindo gradativamente.
  2. Pratique diariamente: Para se tornar um bom guitarrista, é importante praticar com frequência. Dedique um tempo todos os dias para praticar e tentar novas músicas.
  3. Aprenda a ler partituras: A leitura de partituras é fundamental para o aprendizado de novas músicas e para melhorar a técnica. Dedique um tempo para estudar e entender a leitura de partituras.
  4. Use um metrônomo: Um metrônomo é uma ferramenta importante para ajudá-lo a manter o ritmo e a desenvolver a sua precisão. Use um metrônomo durante suas práticas.
  5. Mantenha a postura correta: É importante manter a postura correta ao tocar violão. Isso ajudará a evitar lesões e a melhorar a sua técnica. Mantenha as costas retas e os ombros relaxados.
  6. Varie as técnicas: Não fique preso a uma única técnica. Experimente diferentes formas de tocar e explore novas técnicas.
  7. Não desista: Aprender a tocar violão pode levar tempo e dedicação. Não desista facilmente e continue praticando, mesmo quando as coisas parecerem difíceis.

Seguindo essas dicas, você estará no caminho certo para se tornar um excelente guitarrista. Lembre-se de que a prática é a chave para o sucesso e continue aperfeiçoando suas habilidades.

A importância do violão na música

O violão é um instrumento musical extremamente popular e versátil que tem sido uma parte integral da música há muitos anos. Ele tem sido usado em diversos estilos musicais, incluindo pop, rock, blues, jazz, música clássica e muitos outros. O violão é um instrumento fundamental em muitas bandas, e muitas vezes é o principal instrumento em performances ao vivo.

O violão pode ser usado para criar uma ampla variedade de sons e emoções na música, desde acordes suaves e harmoniosos até solos explosivos e complexos. Isso permite que os músicos usem o violão para expressar uma ampla gama de emoções e ideias, tornando-o uma ferramenta poderosa na criação de música.

Além disso, o violão é um instrumento relativamente fácil de transportar, o que o torna uma escolha popular para músicos que viajam ou se apresentam em locais diferentes. Ele pode ser tocado sozinho ou em conjunto com outros instrumentos, permitindo que os músicos criem uma ampla variedade de arranjos musicais.

O violão também tem um papel importante no ensino de música. É frequentemente usado como um instrumento de introdução para estudantes de música iniciantes, pois é relativamente fácil de aprender e tocar. Isso pode ajudar a introduzir jovens músicos ao mundo da música e inspirá-los a continuar a explorar e aprimorar suas habilidades musicais.

Em resumo, o violão é um instrumento musical importante e versátil que tem desempenhado um papel fundamental na música por muitos anos. Ele permite que os músicos expressem uma ampla gama de emoções e ideias e é uma ferramenta valiosa na criação de música.

Conclusão

Em conclusão, o violão é um instrumento versátil e popular, capaz de encantar pessoas de diferentes culturas e estilos musicais. Desde a sua criação, o violão evoluiu e se diversificou, dando origem a diferentes tipos e estilos. Seja como instrumento solo, acompanhamento ou em conjunto com outros instrumentos, o violão tem um papel importante na música e é amado por muitos músicos e fãs. Se você está pensando em aprender a tocar violão, lembre-se de escolher o instrumento certo, praticar regularmente e experimentar diferentes estilos musicais. Com paciência e dedicação, você poderá se tornar um excelente músico de violão e aproveitar todos os benefícios que esse instrumento pode trazer para sua vida.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *