Aprender Violão a Qualquer Idade

Created with Sketch.

rolling-stones

Aprender a tocar violão é um sonho para muitas pessoas, independentemente da idade. No entanto, para aqueles que estão em uma idade mais avançada, pode ser difícil saber o que esperar quando se trata de aprender um instrumento musical. Se você tem 40, 50 anos ou mais, pode estar se perguntando se é tarde demais para aprender a tocar violão.

A boa notícia é que nunca é tarde para começar a aprender a tocar violão e desfrutar dos muitos benefícios que a música pode trazer. Neste artigo, exploraremos os desafios que os estudantes de violão mais velhos podem enfrentar e forneceremos algumas dicas úteis para ajudá-lo a aprender a tocar violão em qualquer idade. Vamos lá!

É mais difícil aprender violão quando se é mais velho?

Uma pergunta comum para quem decide aprender violão em idade avançada é se é mais difícil aprender quando se é mais velho. Muitos acreditam que, por terem passado da adolescência e da juventude, já perderam a chance de aprender algo novo, principalmente quando se trata de um instrumento musical.

No entanto, a resposta para essa pergunta é que não há uma idade limite para começar a tocar violão e que é possível aprender em qualquer idade. Embora seja verdade que a aprendizagem pode ser mais rápida quando se é jovem, isso não significa que seja impossível para um adulto aprender a tocar violão. O importante é ter determinação, disciplina e praticar diariamente para alcançar seus objetivos musicais.

Trocando acordes rapidamente

gripmasterUma das maiores dificuldades para iniciantes no violão, independentemente da idade, é trocar rapidamente entre os acordes. Essa habilidade exige uma coordenação precisa entre os dedos da mão esquerda, que pressionam as cordas no braço do violão, e a mão direita, que realiza o movimento de pinçar ou rasgar as cordas.

Agora, se você deseja aprender mais a fundo sobre esse assunto, recomendo que você assista a esse vídeo...

Para superar esse desafio, é importante praticar a transição entre os acordes repetidamente. Comece com acordes mais simples e depois vá aumentando a complexidade. É normal sentir uma certa dificuldade no início, mas com o tempo e a prática constante, os movimentos começam a ficar mais fluidos e naturais.

Além disso, se você sentir desconforto ou dor ao pressionar as cordas, pode ser útil investir em um aparelho de fisioterapia chamado “gripmaster”, que ajuda a fortalecer a musculatura dos dedos. Outra opção é utilizar cordas de nylon, que são mais macias e facilitam a prática da digitação para pessoas de mais idade.

Não se preocupe em querer progredir muito rapidamente. O importante é estabelecer uma base sólida de técnica e coordenação antes de avançar para acordes mais difíceis. Com paciência e dedicação, você irá melhorar gradativamente e alcançar seus objetivos musicais.

Praticando violão todos os dias

tocar violao magiaUma das principais chaves para o sucesso em qualquer atividade é a prática constante, e isso é particularmente verdadeiro quando se trata de aprender violão, especialmente se você está começando em uma idade mais avançada. A prática diária é essencial para desenvolver a habilidade e a técnica necessárias para tocar violão com facilidade.

No entanto, muitas pessoas acham difícil encontrar tempo para praticar, especialmente quando têm compromissos profissionais e familiares. Por isso, é importante estabelecer um cronograma de prática diária e cumpri-lo religiosamente. Mesmo que seja apenas por alguns minutos por dia, o importante é manter a rotina de prática.

Uma dica importante é manter o violão sempre por perto. Em muitos casos, você pode se encontrar com intervalos de tempo curtos entre compromissos, como no horário de almoço ou em uma pausa no trabalho. Se você tiver o violão à mão, pode aproveitar esses momentos para praticar um pouco. Além disso, tocar regularmente ajudará a manter o seu progresso e a evitar a estagnação na sua jornada de aprendizado.

Escolhendo um violão para iniciantes

Escolher um violão para iniciantes pode ser uma tarefa um pouco difícil, já que há muitas opções disponíveis no mercado. Aqui estão algumas coisas a considerar ao escolher um violão para iniciantes:

  1. Tipo de violão: existem diferentes tipos de violões, como clássico, folk e elétrico. O violão clássico tem cordas de nylon e é frequentemente usado para tocar música clássica ou flamenco. O violão folk tem cordas de aço e é usado para tocar músicas populares, blues e country. O violão elétrico precisa ser conectado a um amplificador para produzir som.
  2. Tamanho do violão: o tamanho do violão é importante, especialmente para iniciantes mais jovens ou aqueles com mãos menores. Existem violões de tamanho padrão e violões de tamanho reduzido, como o violão ¾ ou o ½.
  3. Preço: o preço de um violão pode variar bastante. É importante definir um orçamento e procurar um violão que se encaixe nesse orçamento. É possível encontrar violões de qualidade a preços razoáveis.
  4. Qualidade do violão: é importante escolher um violão de qualidade, mesmo que seja para iniciantes. Um violão de qualidade produzirá um som melhor e será mais fácil de tocar do que um violão de baixa qualidade.
  5. Marca: algumas marcas são mais conhecidas e respeitadas do que outras no mundo dos violões. Fazer uma pesquisa sobre marcas confiáveis pode ajudar na escolha do violão certo para iniciantes.
  6. Experimente antes de comprar: é sempre recomendável experimentar o violão antes de comprá-lo. Isso permitirá que o iniciante sinta o violão e veja se ele se encaixa em suas mãos.

Em geral, ao escolher um violão para iniciantes, é importante considerar o tipo de violão, tamanho, preço, qualidade, marca e experimentá-lo antes de comprar. Fazer a escolha certa pode tornar a experiência de aprendizado do violão mais agradável e gratificante.

Relembrando seus motivos para tocar violão

motivos tocar violaoRelembrar seus motivos para tocar violão pode ser uma excelente forma de manter-se motivado na jornada de aprendizado. Todos têm razões diferentes para querer tocar violão, desde o desejo de se expressar artisticamente até o simples prazer de tocar um instrumento.

Para alguns, a música pode ser uma forma de aliviar o estresse ou de se conectar emocionalmente com outras pessoas. Para outros, tocar violão pode ser uma forma de desafiar a si mesmos e de desenvolver novas habilidades. Independentemente do seu motivo, é importante lembrar por que você começou a tocar violão e manter esses motivos em mente durante sua jornada de aprendizado.

Quando você se sentir desmotivado ou frustrado com seu progresso no violão, voltar às suas razões originais pode ajudá-lo a recuperar o foco e a inspiração. Além disso, manter seus objetivos em mente pode ajudá-lo a planejar sua prática e a escolher músicas e exercícios que o ajudem a alcançar esses objetivos.

Lembre-se sempre de que tocar violão é um processo de aprendizado contínuo e que mesmo os músicos mais experientes ainda têm muito a aprender. Mantenha-se comprometido com sua prática e lembre-se de seus motivos para tocar violão sempre que precisar de um impulso de motivação.

Conclusão

Em conclusão, aprender violão pode ser desafiador, mas também pode ser uma experiência gratificante e divertida. Com as dicas e estratégias certas, você pode superar os desafios iniciais e se tornar um músico habilidoso.

Lembre-se de que a prática é fundamental para o sucesso, portanto, tente praticar o máximo possível e estabelecer metas realistas para si mesmo. Além disso, escolher um violão adequado e ter aulas com um professor experiente pode ajudá-lo a progredir mais rapidamente.

Por fim, lembre-se sempre dos seus motivos para tocar violão e mantenha o entusiasmo e a paixão pela música. Com determinação e dedicação, você pode realizar seus objetivos e desfrutar dos benefícios de tocar violão.

Para inspirar, vamos ficar com esse vídeo dos Rolling Stones – Start Me Up

Dica Extra do Rodrigo: Aprenda a Tocar Violão Com Esse Método Eficiente e Divertido Criado Por Músicos Profissionais e Cheio de Músicas Conhecidas:

EU QUERO TOCAR VIOLÃO AGORA!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *